Construção Civil irá proporcionar vários postos de trabalho

Construção Civil irá proporcionar vários postos de trabalho

Pelo terceiro ano consecutivo, o Sinduscon-PR realizou a pesquisa sobre contratação de mão de obra e mensuração do nível de atividades das empresas associadas à entidade. O estudo apresentado no dia o2 de dezembro aponta uma previsão de aumento de 12% na geração de emprego para 2015, com abertura de aproximadamente 2.600 novos postos de trabalho.

A sondagem foi feita com 316 empresas, entre 11 e 20 de novembro. Em geral, a pesquisa sinaliza um cenário de manutenção dos quadros funcionais, embora os empresários do setor tenham se mostrado otimistas com relação ao próximo ano.

“Como a maioria (53%) pretende manter o número de empregados e 51% das empresas imaginam aumentar o nível de atividade, significa que buscarão ser mais eficientes, melhorando a produtividade, investindo em novos processos construtivos maquinários, equipamentos e materiais”, analisa o consultor do Sinduscon- PR, Marcos Kahtalian.

O estudo que 36% das empresas têm intenção de aumentar o número de colaboradores e 11% pensam em diminuir, sendo as pequenas empresas as que mais indicaram diminuição de funcionários (51%).

Ao analisar as respostas sob a ótima da área de atuação, é possível verificar que as empresas que trabalham como prestadoras de serviços e com obras públicas são as que mais pretendem investir em capital humano, aumentando seus quadros em 38% e 50%, respectivamente.

Da mesma forma, estas empresas são também as que mais pretendem aumentar o nível de atividade no próximo ano – prestadoras de serviços 54%, e obras públicas 50%.

Com esse estimado cenário positivo a Construção Civil contribui para diminuir a taxa de desemprego do país e também torna-se um estímulo para a economia.

                                                                                                                                             Fonte: Sinduscon PR